BEM-AVENTURADOS SOIS VÓS


“Bem-aventurados sois vós quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós” (Mateus 5:11). Sempre que sofremos ataques, injúrias, calúnias ou somos alvos de fofocas e críticas, primeiro devemos investigar e examinar o nosso coração e verificar se o que falam é um ataque direto às nossas próprias falhas ou se é por causa do nosso compromisso com Jesus Cristo.


Para não alojarmos mágoas no coração, precisamos examinar esse ponto, para ficarmos livres do ódio e da ira congelada. Devemos questionar “é verdade o que estão falando de mim?” Depois, devemos parar e rever a questão.


Se o que falam corresponde à verdade, então, precisamos dobrar os joelhos e, em arrependimento, clamar a Deus: “Senhor, de fato errei e esse erro gerou esta conversa. Por Tua misericórdia, eu peço Teu perdão”. Agora, se você está sofrendo um ataque, por causa do seu amor e de sua fidelidade a Jesus, então, deve entregar o problema para Deus e não se defender. Diga: “Senhor, agora é Contigo e não mais comigo”.


Se procedermos dessa forma diante das calúnias, nunca mais teremos lutas, pois estaremos livres de mágoas e rancor. O que os outros falam, não mais roubará a nossa paz nem inquietará o nosso coração. Quando você for difamado, além de procurar saber se o que disseram é verdade ou não, é importante também levar em conta quem é a pessoa que fez tal difamação. Como é a vida dela? Ela é uma pessoa cristã? É uma pessoa equilibrada? Se é alguém que você não conhece, entregue-a logo na mão de Deus e descanse.


Certa vez, Jesus também disse: “... No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33). Isso nos motiva a conduzir a nossa vida com esperança e com fé. Afinal, se Ele já venceu por nós, você que O segue vencerá também. Não esqueça que diante das afrontas que sofreu e das que ainda sofrerá, você não deve desanimar, pois Jesus dar-lhe-á graça para vencê-las.



16 de Abril.


Faça essa Oração

"Apropriando-se da Paz"


"Amado Pai Celestial, pela fé em nome do Senhor Jesus Cristo, coloco o calçado da paz. Aceito a Tua declaração de que estou justificado e tenho paz contigo. Que a minha mente possa captar essa maravilhosa verdade com consciência cada vez maior. Agradeço-Te, Senhor, por não precisar carregar nenhuma ansiedade ou sofrer de perturbação ou tormentos interiores.

Obrigado, Senhor Jesus Cristo, por me teres convidado a revelar-Te todas as minhas necessidades mediante a oração. Ensina-me a esperar em Tua presença até que a paz interior, que excede o entendimento humano tome o lugar da ansiedade que está em mim.

Desejo conhecer a forte presença da Tua paz. Que andes comigo e digas: "Não tenhas medo, vou ajudar-te". De todo o meu coração, desejo ser obediente à Tua vontade em todo o tempo. Que a plenitude de Cristo, o Qual é a minha paz, possa glorificar a Deus por meio de mim. Tomo posse dos calçados da paz em nome do Senhor Jesus e pela fé andarei com eles neste dia. Amém."


O aplicativo da sua alimentação espiritual!

Android: https://goo.gl/vBVeQa

iOS: https://goo.gl/vSp5Sw


TV Menorah por assinatura

Recomendamos para você:


Perdão espiritual

No trecho de Mateus 18: 21-22 o apóstolo Pedro faz um questionamento a Jesus e obtém uma surpresa em sua resposta. A natureza humama é especialista em cegar a mente de todos os cristãos. Nesse vídeo o Senhor nos esclarece tudo a respeito do pedir perdão e o liberar perdão como Deus quer!


</