FALTA DE APETITE ESPIRITUAL


Poucas coisas deixam uma mãe mais preocupada do que a falta de apetite do filho. Não gostar de estudar ou dificuldade de relacionamento com outras crianças ou ainda não gostar de tomar banho, nada disso se compara à preocupação causada pelo: “não estou com fome”, “não gosto disso” ou “não vou comer”. A mãe sabe que a vida de seu filho depende de sua alimentação. Por isso, a mãe faz de tudo, para que o filho coma: muda o tempero, faz pratos coloridos, dá comida na boca, faz da colher um aviãozinho, dá vitaminas para abrir o apetite ou compra comida mais caras. Tudo isso para que seu filho coma.


Esses fatos são óbvios e não apresentam nenhuma novidade para ninguém. Mas, esse também é um princípio espiritual. Nada preocupa e entristece mais a Deus do que a falta de apetite espiritual de Seus filhos. Deus deseja tão intensamente que nos alimentemos espiritualmente. Deus tornou-Se pão em Cristo, para dEle alimentar-nos, a fim de vivermos por Ele (leia em João 6:48-57).


O processo pelo qual Deus passou, de ser um homem, morrer, ressuscitar e tornar-Se o Espírito que dá vida, visava a ser para nós Pão (leia em 1Coríntios 15:45). O próprio Deus infinito, imensurável e eterno tornou-Se um pequeno pão em Cristo, para dEle alimentar-nos. Como, então, podemos dizer “não estou com fome” ou mesmo “disso eu não gosto”. Quantas vezes aceitamos com naturalidade nossa indisposição para ler a Bíblia ou para orar? Nossa indisposição em provar nosso Senhor como alimento espiritual nos deve preocupar.


Se não nos alimentarmos, enfraqueceremos e seremos derrotados pelo maligno. Essas são as causas para tantos cristãos serem derrotados pelos pecados e vencidos por suas naturezas caídas, não conseguindo manifestar Deus em suas vidas cotidianas. Alimentar-se de Cristo não é memorizar grandes quantidades de versículos da Bíblia, nem tampouco conhecer as doutrinas cristãs. Alimentar-se espiritualmente é ter um contato vivo com Cristo por meio da Palavra; é encontrar espírito e vida nas palavras da Bíblia (leia em João 6:63). Alimentar-se espiritualmente é ter experiência pessoal e profunda com Cristo, o Eterno Deus.


Portanto, alimente-se de cristo. Usufrua esse alimento sempre. Alimente-se diariamente, duas, três ou mais vezes por dia. Para ser bem-sucedido você precisa alimentar-se espiritualmente.



04 de Março.



TV Menorah por assinatura

Recomendamos para você:


Quem come vive

A maior prova de amor é quando estamos preocupados com a alimentação espiritual do próximo. Aquele que ama dá comida, que é a Palavra de Deus, aos seus amados. Investir no crescimento espiritual dos nossos irmãos prova que amamos a Cristo. Veja neste vídeo o gerar e o cuidar de Deus. João 6:63; 1:12; 3:16 e Romanos 6.


Quem de mim se alimenta

" Os ensinamentos bíblicos nos levam a batalhar contra o elemento natural para que cresça em nós o elemento espiritual, nossa alimentação é fundamental para que isso ocorra. Assista o vídeo e entenda o falar de Deus sobre esse tema. "






O deslocamento de Cristo

Cristo é o Pão vivo. Temos que nos alimentar Dele várias vezes ao dia. A alimentação espiritual diária nos dá um crescimento harmônico. Se as lâmpadas do candelabro não estiverem em perfeita manutenção não haverá luz divina em nossa alma.