JUSTIFICADOS PELA FÉ E NÃO POR OBRAS



Ao longo da história da civilização humana, o homem sempre procurou tornar-se melhor, aperfeiçoar-se. Por um lado, ele percebe que sua conduta não atinge o padrão de sua consciência quer e a justiça por que Deus espera. Por outro lado, o homem dá-se conta de que dentro dele existe uma tendência que o arrasta continuamente a cometer erros, a odiar e a rebelar-se contra a Lei de Deus.


Esses fatos têm acompanhado o homem desde o início da civilização. Não importa em que cultura nasceu, homem sempre se confrontará com esses problemas, porque dentro dele há uma natureza pecaminosa que se manifesta a todo o momento. Os atos pecaminosos, que o homem comete, fazem com que sua consciência o condene, enquanto a natureza pecaminosa no seu interior o domina de tal forma que faz com que ele permaneça no seu pecado.


Algo dentro do homem lhe diz que existe um Deus e que esse Deus é Justo. Ele deseja conhecer a Deus, mas percebe que seus atos pecaminosos e sua natureza pecaminosa o separam de Deus. Por isso, o homem cria e inventa várias formas de sanar o problema do pecado e de salvar-se dele.


O hinduísmo, o budismo, o islamismo, o judaísmo e todas as outras grandes religiões do mundo têm idealizado muitas formas de o homem salvar a si. Embora essas formas sejam variadas e diversas, elas têm uma coisa em comum, todas elas dependem das obras e do esforço do homem e todas procedem do homem e não de Deus.


A primeira forma e a mais utilizada pelo homem, na tentativa de salvar a si, é fazer boas obras, como por exemplo, caridade. Mas, em Romanos 3:28, está escrito: “Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei”. E, em Romanos 3:20: “visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei...”. Isso quer dizer que o homem jamais vai ser justo, santo e reto, fazendo, apenas, caridade ou boas obras. Talvez essa seja a mais cativante ilusão e ledo engano que paira nos corações dos homens.


O homem só se purificará, receberá salvação e será justo, mediante a observância da Lei de Deus, vestindo a Lei para vivê-la. Boas obras não removem pecados já cometidos pelo homem. Só Deus pode dar perdão e salvação. E é de graça. Não precisamos pagar nada. Cristo já pagou a nossa conta. Ele morreu e ressuscitou para redimir-nos e restaurar-nos.

📺 Para ver e ouvir essa mensagem, dê o play abaixo:



20 de Outubro.


Faça essa Oração

"Novo nascimento"

Amado Pai Celestial, em nome do Senhor Jesus Cristo, chego a Ti, pela fé, e neste momento confesso que sou um pecador e careço da Tua glória, eu me arrependo da minha vida de pecados em que estive rejeitando a Tua graça e Te peço misericórdia e pelo Sangue de Jesus recebo o Teu perdão.

Eu abro o meu coração e Te convido a fazer em mim morada permanente, eu declaro que Te aceito como único Senhor e Salvador da minha vida. Senhor me integra hoje no Corpo de Cristo e escreve o meu nome no livro da vida. Eu Te agradeço e Te louvo em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.


Amado Pai Celestial, achego-me a Ti mais uma vez por meio da pessoa e obra do Senhor Jesus Cristo. Desejo cumprir Tua vontade sendo invencivelmente forte, mediante o poder capacitador do Teu Espírito Santo. Louvo-Te pela Tua bondade em providenciar o Espírito Santo para o meu bem e fortalecimento. Obrigado pelo dia em que o Espírito Santo convenceu-me da necessidade da salvação.


* Canal Orações - Pão de Judá

http://www.paodejuda.com.br/oracoes.html#



O aplicativo da sua alimentação espiritual!

Android: https://goo.gl/vBVeQa

iOS: https://goo.gl/vSp5Sw


TV Menorah por assinatura

Recomendamos para você: