LIXO EMOCIONAL



Imagine se no último ano, em sua casa, você não houvesse jogado nenhum lixo fora. Imagine se o lixo do banheiro e da cozinha, a poeira acumulada, as sobras, tudo permanecesse. Como estaria sua casa? Com certeza, teria virado um depósito de lixo, cheio de ratos, baratas, moscas e doenças, sem falar o mau cheiro e a situação incontrolável e inabitável que existiriam.


Nós sabemos muito bem onde jogar fora o lixo de coisas materiais que usamos. Mas, quando se trata do campo psicológico, a resolução do problema é diferente. Muitas vezes, na convivência diária com as pessoas, não temos canais adequados para lidar com isso. Não desenvolvemos métodos para jogar fora o lixo emocional.


Os subprodutos do relacionamento acumulam-se, à medida que a convivência avança. Às vezes, usufruímos um bom momento, mas temos a sensação de que nos esquecemos de algo ruim que ocorreu. Jogamos o lixo emocional para “debaixo do tapete”. Assim, acumulamos sujeira e a convivência desgasta-se até ficar insuportável.


Evitamos falar do lixo emocional, não o admitimos e nem o confessamos, apenas queremos esquecê-lo. Contudo, cada vez mais acumulamos mais lixo e sentimo-nos pressionados. Muitos chegam a formar uma bomba dentro de si como uma panela de pressão com a válvula de escape obstruída, quase a estourar. Chegam a adoecer, por guardarem lixo emocional no coração.


Mas afinal, onde despejar todo o lixo que guardamos dentro de nós? Para onde enviar as competições, as invejas, as palavras ásperas, as mágoas, as ofensas, as injúrias, as calúnias, as maldades, a implicância, o silêncio, a indiferença e muitos outros lixos? Precisamos aprender a exercitar o perdão.


Precisamos aprender a perdoar e a pedir perdão ao próximo e a Deus. Precisamos dizer uma frase que raramente se ouve: “eu errei, me perdoe”. É necessária muita grandeza, para que um homem exercite o perdão. É preciso ser humilde o suficiente para reconhecer os seus próprios erros.


A vida cristã tem um princípio básico e fundamental, o princípio do perdão, que é aprender a desenvolver uma “usina de reciclagem”, que beneficia o lixo emocional. O caminho do perdão não é um caminho de escravidão ou de fragilidade. Exercitar o perdão é elevado.


Toda pessoa desenvolvida espiritualmente tem prazer em perdoar e em pedir perdão. Jesus disse: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas” (Mateus 6:14-15).




📺 Para ver e ouvir essa mensagem, acesse: https://youtu.be/cQx0PVFaAqQ



18 de Maio.



Faça essa Oração

"Amargura"

Amado Pai Celestial, em nome do Senhor Jesus Cristo, venho diante da Tua presença para confessar e rejeitar o espírito da ira, do ódio e da amargura e todos os seus comandados, porque está escrito: “Ele nos tirou da potestade do reino das trevas e nos transportou para o reino do Seu amor” (Cl 1:13).

Pertenço ao Senhor, ao reino do amor e não ao reino das trevas. Rejeito todo espírito de rejeição e rebelião e todos os seus comandados, meu corpo é templo do Espírito Santo, separado para o uso de Deus, outrora estava morto em meus pecados, mas agora Jesus me vivificou, juntamente com Ele e perdoou todas as minhas aflições e ofensas e riscou a cédula que era contra mim cravando-a na cruz. Por isso, declaro que sou livre, porque Jesus me libertou.


Eu escolho perdoar a todos os meus ofensores, pois a vingança pertence ao Senhor. Peço a ti ó Deus, em nome do Senhor Jesus, que liberes uma porção maior de graça a fim de que o Espírito seja liberado para restaurar o meu coração e que a vida de Deus volte a fluir em mim. Escolho tomar posição contra o pecado de justiça própria, pois está escrito: “A ninguém fareis mal por mal, abençoai os que vos perseguem e não amaldiçoeis” (Romanos 12:14,17).


Senhor, libera o Teu amor e a Tua paz sobre a minha vida, purifica-me com o Teu sangue. Quebro agora qualquer maldição lançada sobre a minha vida, a minha família ou sobre pessoas que eu mesmo proferi maldições. Escolho entregar essas pessoas ao Senhor e abençoá-las com a salvação e a restauração, pois está escrito: “Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem” (Romanos 12:21).

Escolho não questionar o agir de Deus em mim, escolho aceitar toda atual situação como o trabalhar de Deus em minha vida, a fim de completar a Tua obra de restauração em minha vida, pois está escrito: “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados pelo seu decreto” (Romanos 8:28).


Senhor, preenche todos os espaços vazios em minha vida com uma porção maior do Teu Espírito. Agradeço-Te pelo Teu amor, misericórdia e perdão. Toma totalmente o controle da minha vida em nome do Senhor Jesus. Amém.


Abra sua Bíblia e leia os textos em Colossenses 2:13-14, Romanos 12:19.


* Canal Orações - Pão de Judá

http://www.paodejuda.com.br/oracoes.html#