Lista de transmissão do Whatsapp.
Receba todas as manhãs as mensagens de reflexão.

O PECADO E A ANSIEDADE



Anos atrás, uma revista semanal brasileira trouxe na capa a óbvia declaração de uma cartomante sobre um famoso apresentador de televisão que a foi consultar: “ele tem tudo, mas é infeliz”. Mais recentemente, a mesma revista deu destaque à declaração de uma atriz, tida por muitos como a mais bonita do Brasil: “ela chora de solidão”. É incrível, mas há pessoas que acreditam que alcançarão a felicidade, quando tiverem dinheiro, fama, sucesso e futuro garantido.


As constatações acima provam que isso não garante a felicidade a ninguém! “Dinheiro não compra felicidade”; diz o adágio popular que recebeu o seguinte acréscimo anônimo: “mas que ele ajuda, ajuda!” Na verdade, o dinheiro não ajuda e nem atrapalha, pois a genuína felicidade independe das situações exteriores. A felicidade é a experiência interior de tranquilidade e de segurança inabalável, de paz permanente.


A felicidade não pode ser alcançada enquanto não se resolverem dois problemas que aniquilam e esmagam o homem: o pecado e a ansiedade. A ansiedade é reconhecida por cristãos e não cristãos, como um dos mais graves males deste século, rendendo seminários, palestras, livros e milhões de dólares para a indústria farmacêutica devido à venda de antidepressivos. O pecado, no entanto, é ignorado, tanto por cristãos como por não cristãos.


Alguns líderes cristãos dizem que nada pode ser mais devastador para o avanço do evangelho do que a insistência para que as pessoas reconheçam que são pecadoras. Isso é a negação absoluta da mais simples e direta mensagem evangelística, proclamada pelo próprio Cristo: “Arrependei-vos!” (leia Mateus 4:17). Ninguém jamais poderá ser feliz e gozar da plena paz com Deus sem arrepender-se de seus pecados. Sem reconhecer que é pecador, sem reconhecer sua completa falência e sua absoluta necessidade de Deus, ninguém será feliz.


Os não-cristãos precisam saber, não apenas que Jesus os ama, mas principalmente que precisam de um Salvador. Os cristãos precisam voltar à saudável prática da confissão de seus pecados e de seu arrependimento. Sem isso, não existe comunhão com Deus. Esse é o primeiro passo a ser dado à busca da felicidade.


E a ansiedade? Depois de consertar nossa relação normal e livre com Deus, por meio do arrependimento e da confissão dos pecados, estaremos livres da ansiedade, pois sentiremos o apoio real de Cristo Jesus.


27 de Janeiro.

TV Menorah por assinatura

Recomendamos para você:


A graça põe fim ao domínio do pecado

Em Romanos 6:14 o Senhor nos diz: "Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça." Você está debaixo da lei ou da graça? Veja neste vídeo como desfrutar da graça divina para termos atitudes espirituais.


Ansiedade abate, mas Cristo alegra

A experiência de livramento da prisão que os apóstolos tiveram e que está descrita em Atos 5:17, revela o processo de libertação que Deus faz em todos nós.







Confissão, pecado e renovação

Em Provérbios 28:13-14, Romanos 12:2 e Tiago 5:16 o Senhor nos aconselha a partilhar nossas fraquezas para que possamos ser restaurados através do auxílio do Corpo de Cristo.





TV Menorah por assinatura

12 canais + 2 canais de áudio + de 3000 mensagens da Palavra de Deus exclusivas a respeito do conteúdo específico do canal.


www.tvmenorah.com.br

Levando vida para você!

0 visualização
O canal para a sua edificação espiritual
"Acesse, assista e cresça em vida!"
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon