Lista de transmissão do Whatsapp.
Receba todas as manhãs as mensagens de reflexão.

QUAL O CRITÉRIO?


“Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?” (Mateus 7:1-3). O Senhor Jesus deseja nos transformar. Por isso, a Bíblia está repleta de exortações que combatem frontalmente as nossas convicções humanas.


O julgamento é um problema, já que a sua proibição é clara, pois o Senhor disse: “não julgueis”. Precisamos alterar completamente a nossa maneira de viver. Jesus, quando estava na Terra como homem, disse: “Se alguém ouvir as minhas palavras e não as guardar, eu não o julgo; porque eu não vim para julgar o mundo, e sim para salvá-lo” (João 12:47). O julgamento dá muito prazer para a alma.


O julgamento e a injustiça agradam a satanás, mas nós não estamos habilitados a julgar. Entretanto, se insistirmos e quisermos ser juízes, outros também o serão de nossa vida. Deus julgar-nos-á com os mesmos critérios, porque combaterá exatamente o que temos feito.


O Senhor tem o projeto de ter um Corpo na Terra (1Co 12:12-31), mas o julgamento sempre gera divisão e amargura no Corpo. Assim, o Senhor não consegue concretizar o Seu plano, porque, com os membros divididos, o Corpo não anda. Uma perna nega-se a dar um passo, mas a outra quer andar; uma mão quer pegar, mas a outra quer soltar. Por isso, temos de abandonar essas pretensões de sermos juízes e temos de ser servos de Jesus.


Com base nos critérios humanos, podemos falar mal das pessoas, medi-las, condená-las e estabelecer um laudo sobre suas vidas, mas esses critérios são trevosos. Você pode fazer o que quiser, Deus deu-lhe livre-arbítrio. Mas, saiba que Deus condena e proíbe essas coisas.


Quem somos nós para determinar alguma coisa? Nós julgamos uma pessoa quieta como um joão-ninguém, que não serve para nada. Jesus, porém, transformou prostitutas em evangelistas. Zaqueu teve um ministério de finanças na Igreja, pois seu coração voltou-se para o Senhor. Se fôssemos olhar conforme os critérios humanos, não haveria possibilidade disso acontecer. Jesus não julgou a mulher adúltera (João 8:1-11), pois os critérios de Deus não são os nossos. Nós olhamos o externo, mas Ele olha no coração o valor e a medida de cada um. Ele é o nosso modelo. Nós temos de usar a medida divina. Temos de suportar as adversidades em amor.

TV Menorah por assinatura

Recomendamos para você:


Para que vos torneis filhos do Pai

Julgar as pessoas é algo comum para nós. O julgamento não é fácil de vencer. Ninguém está livre disso. O julgamento é a última área da natureza pecaminosa que será vencida em nós. Considere o julgamento um pecado e seja livre!




O perigo da última hora

Mateus 7:1-2 fala sobre vencer o julgamento. Precisamos orar e vigiar para não cairmos em tentação.







Justiça sem base

Uma das características do homem natural é o julgamento. Jesus proíbe o julgamento, pois somente Deus é Criador, apenas Ele tem a deidade e só Ele pode julgar. O julgamento é o pecado mais comum entre os cristãos, mas Jesus pode exterminá-lo!






TV Menorah por assinatura

12 canais + 2 canais de áudio + de 3000 mensagens da Palavra de Deus exclusivas a respeito do conteúdo específico do canal.


www.tvmenorah.com.br

Levando vida para você!

197 visualizações
O canal para a sua edificação espiritual
"Acesse, assista e cresça em vida!"
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon