REMISSÃO E PURIFICAÇÃO


Jesus prepara-Se para vir reinar. Você anela por esse momento? Se o motivo que nos prende à Igreja não é ser glorificado pelo Senhor, temos de pedir misericórdia a Deus e clamar para que Ele abra os nossos olhos.


O Senhor está sempre nos amparando e sustentando-nos. Nós não nos podemos afastar do ponto central que é a vida, porque sem vida de nada vale fazermos coisa alguma, pois tudo será morto (leia 1Coríntios 13). O Senhor diz-nos,: “não te afasta da vida; não te fascina com as iguarias; e cuidado, porque satanás vai enganar a muitos!” A mentira é o produto do engano e nós temos de purificarmo-nos na presença de Jesus.


Talvez tenhamos esquecido essas coisas ou não tenhamos dado a devida importância. Talvez tenhamos xingado alguém e ficou “por isso mesmo”, porque achávamos que tínhamos razão. Em Mateus 5, o Senhor revela que, se formos fazer uma oferta a Deus e lembrarmos que tivemos contendas ou que pecamos contra as pessoas, temos de deixar a oferta ao pé do altar e primeiro reconciliarmo-nos com nosso irmão.


Passam-se meses e anos e achamo-nos os “suprassumos” da obra de Deus. Achamos que estamos certos e que todos estão errados. Nós temos um Cabeça, como vamos ficar fora do Corpo? Como nos manteremos nesse Reino, se já estamos instruídos por Jesus de que devemos confessar os pecados, e não confessamos? Perdemos a prática. Satanás iludiu-nos.


O Senhor diz que, se confessarmos, Ele é Fiel e Justo para purificar-nos (leia 1João 1:9).

A confissão é o reconhecimento de que estamos pecando e agindo contra Cristo. Quando temos um procedimento errôneo, estamos pecando contra Cristo. Paulo queria prender cristãos, mas quem o encontrou no meio do caminho, foi Jesus. Então, se você ataca o Corpo, você ataca Jesus. Nós pecamos, quando atacamos as pessoas. Mesmo que elas errem conosco, elas são intocáveis, porque são membros do Corpo.


Quando o martelo bate repetidas vezes, chega o momento em que aquilo, que está sendo golpeado, se abre e destrói-se. Cristo repete, repete e Ele fala conosco: “você precisa confessar”.


Quando alguém deve e não paga, é considerado um mal pagador e não ganha mais crédito. Queremos que Deus nos abençoe, mas não cumprimos a nossa parte. Tudo o que Deus não nos mandou fazer é o que fazemos e ainda achamos que estamos corretos.


A Palavra de Deus é clara e há centenas de coisas para acertarmos com o Senhor. Temos de ir as pessoas e confessar o que erramos com elas. Devemos ter confissões diárias.

📺 Para ver e ouvir essa mensagem, dê o play abaixo:



17 de Outubro.


Faça essa Oração

"Liberando o perdão"


Deus, em nome de Jesus, na Tua presença, confesso que estou amargurado, decepcionado, triste e me sinto sob as mãos dos verdugos. Preciso abrir a porta do meu coração para que Tu possas entrar e me libertar de todo desconforto emocional ao lembrar de cenas do passado.


Embora, tenha vivido debaixo do jugo de morte, sob a influência dos verdugos, não aceito mais a perturbação, o tormento e o engano em minha vida. Por isso, rejeito a satanás e seus demônios da ira, do ódio, do orgulho, do perdão retido, da amargura, como também a toda acusação. Eu os expulso da minha alma e ordeno que saiam e não voltem mais, pelo poder que há no nome e no sangue de Jesus.


Peço que o Espírito Santo me capacite a liberar e pedir perdão às pessoas que ofendi, segundo a Sua direção, no tempo favorável. Tomo posse agora da força que preciso para prosseguir. Escolho e perdoo todas as pessoas que me ofenderam (cite o nome das pessoas) e desejo que sejam abençoadas com toda sorte de bênçãos espirituais e materiais em Cristo Jesus.


Agora, Senhor, desliga anjos ministradores de cura divina para visitar a minha alma, o meu coração, a minha consciência e desalojar da minha memória consciente e subconsciente os traumas e as feridas emocionais. Ministra a Tua Palavra, me renovando. Que Teu Espírito opere de forma milagrosa, fazendo verdadeiras cirurgias espirituais em minha vida e me capacitando a sustentar a decisão de perdão que hoje tomo.


Opera, Senhor, derramando o fogo que vem do Trono da Graça para queimar e destruir as cadeias, as correntes e os grilhões, que impedem o entendimento e a ação do perdão em minha vida. Que o Teu santo óleo, a unção da cura interior seja derramada em meu íntimo para que o fluir do Teu Espírito cure as feridas e os traumas e me liberte.


Que essa unção me encha da Tua graça e da Tua presença, secando e arrancando as raízes de amargura.


Senhor, preenche todo vazio com a graça e a riqueza que há no glorioso nome de Jesus Cristo; nome que supre todas as necessidades. Senhor, só Tu podes fazer essa obra, os ajustes necessários, a restauração no meu coração e creio que recebo essa cura a partir de hoje, em nome de Jesus. Amém.


* Canal Orações - Pão de Judá

http://www.paodejuda.com.br/oracoes.html#